terça-feira, 17 de março de 2009

Vilmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Tenho uma faxineira, ajudante, fuxiqueira... e diversão a toda prova.
Vem me ajudar a cada quinze dias! Suficiente para render atos impagáveis! Tome como exemplo o relato:
Fiz uma lista de "Resoluções para 2009"
Ítens:
- Aprender a tocar um instrumento: Violão? Flauta? Violino?
- Levar as pessoas mais a sério
- Estudar mais
- Acordar mais cedo nos dias de folga
- Domingo não se estuda
- Viajar mais
- Comprar verduras e pão integral nas sextas( para evitar que eu coma bobagens no final de semana)
- Ir pra Manaus com meus pais
- bla bla bla bla bla

Colei a lista na geladeira!( pra poder lembrar).
Vilma veio fazer a faxina, viu a lista... eeeeeeeeeeeeeee
Resolveu fazer uma pra ela também! Até aí tudo bem, não há problemas em disseminar idéias lucrativas. O que acontece é que Vilma resolveu adicionar à minha lista as palavras:
"Ok" , "Não" e algumas observações extras:
Ou seja:
- Aprender a tocar um instrumento: Violão? Flauta? Violino? Para Vilma: "Não".
Vilma não precisa tocar um instrumento? Não precisa ou já sabe? Seria Vilma uma artista? Tocaria harpa? Violonista? Sabe a escala musical de trás pra frente? Não, Vilma talvez estaja mais preocupada com outras coisas... Tocar a vida, de repente... Tocar o celular para mais uma proposta de emprego... A verdade, e única certeza que tenho, é que Vilma não precisa aprender a tocar um instrumento agora em 2009.
- Levar as pessoas mais a sério. Para Vilma: "OK".
Seria ela tão palhaça quanto eu? Bem humorada? Despojada? Nisso ela concorda comigo. As pessoas precisam ser levadas mais a sério. Nem tudo pode ser uma boa piada!
- Estudar mais. "OK"
Um surpreendente "OK"! Um magnífico "OK"! Um singular "OK"! Sim, Vilma quer estudar mais. Fiquei bem satisfeita com esse "OK".
- Acordar mais cedo nos dias de folga. "Não".
Isso me fez pensar se REALMENTE preciso acordar mais cedo nos dias de folga...
- Domingo não se estuda.
Não, ela não marcou nada nesse. Deve estar ainda avaliando como ou o porquê de fazer isso.
- Viajar mais. "OK"
Beleza! Se eu não tiver companhia pras viagens diante de tantos feriadões em 2009: Vilmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
- Comprar verduras e pão integral nas sextas( para evitar que eu coma bobagens no final de semana). "Concordo"
É, ela também acha que como muitas bobagens no final de semana. Pizzas e mais pizzas guardadas na geladeira. Resquícios...
- Ir pra Manaus com meus pais. "Pode ser mais perto não?"
Num pode não Vilma. Meu pai quer conhecer a Amazônia. Estou disposta. Vou sim.
- bla bla bla bla... "OK"
Sim, um belo "OK" no bla bla bla. Porque a vida há de ser longa em 2009 para ser colocada em uma folha de papel, feita às pressas e com desejos de resoluções e revoluções.
Vilmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

5 comentários:

Cuma? disse...

Ameiiiii...kkkkkkk...IMPAGÁVEL!!Pra mim um dos melhores...e DÁ-LHE VILMA!!KKK...
Beijos

Francinele disse...

Engraçado. Li o texto e viajei! Pensei em algo que vez ou outra ronda minha mente. Há diferentes conceitos de felicidade! E quanto mais a gente cresce na vida, por vezes eu tenho a sensação de que mais a gente se afasta da felicidade. Ou seria: mais a gente afasta a felicidade? mais a gente condiciona a felicidade a coisas maiores e maiores e às vezes impossíveis ou inatingíveis?
Lembrei disso por essa fantástica noção de conflito de prioridades entre vc e Vilma. Muito bem colocado essa diversidade de espectro, de janelas, por onde cada um de nós avalia a vida.
Enfim, com mais ou com menos, no fundo buscamos a mesma coisa. Talvez quem tenha mais deva procurar no "menos" para deixar de ser tão exigente consigo mesmo... talvez quem tenha menos, deva buscar no "mais" ... para procurar crescer... seria isso?
Beijos

Maria disse...

Fran! Seja bem vinda à tempestade mental! rsrsrsrsrs
Divirta-se e apareça sempre!
Beijo.

morena/url disse...

muuuuuuuuito bom!!!!!!!!!

morena disse...

Muuuuuuuuuito bom!!!